“Haiti: A Reconstrução da Dignidade de um Povo”

Haiti after the hurricanes
A História do Haiti é marcada por acontecimentos trágicos. Segundo país a se tornar independente nas Américas, não conseguiu achar o rumo adequado para o desenvolvimento e a paz e foi constantemente castigado por governos autoritários e golpes de estado. Em 2010, o país sofreu um dos seus maiores desastres: foi abalado por um terremoto de grandes proporções.

O BandDebate do dia 28 de maio tem como objetivo a reflexão acerca dos desafios do Haiti para se reerguer e do que a nação guarda de positivo, apesar de todas as dificuldades. O evento conta com dois convidados que estiveram naquele país tanto antes quanto depois da tragédia, conhecendo de perto os impactos sofridos pela nação.

marianaMariana Reade, diretora de documentários e roteirista do Fantástico, é uma das ilustres presenças do evento, que será aberto com a exibição de seu curta-metragem, “Ponto Forte”, filme sobre o Haiti produzido antes do terremoto e exibido no canal Multishow. Ela também coordenou projetos de desenvolvimento da ONG Viva Rio para o país caribenho. Atualmente mora no Rio de Janeiro e acaba de lançar “Mundo de Algodão”, seu primeiro livro. A diretora pretende mostrar aos alunos do Bandeirantes um olhar diferente sobre as missões de paz no Haiti. “O foco é mostrar às pessoas o trabalho dos militares no país, em especial das tropas brasileiras, e a relação deles com o povo local”, elucidou.

Dario Puerta Otones, engenheiro químico integrante da ONG espanhola Asamblea de Cooperación Por la Paz em Haiti. Otones esteve no país da América Central entre março de 2006 e novembro de 2008, durante o período de reinstitucionalização, sob o governo Préval. Desenvolveu seu trabalho principalmente na região Sudeste, área predominantemente rural. Em 2010, colaborou brevemente com a ONG Viva Rio na ajuda humanitária depois do terremoto.

Alunos já podem retirar às senhas para o evento no Departamento Cultural. O BandDebate será no dia 28 de maio, sexta-feira, às 13h30, na Biblioteca II.